6ª Etapa - 04 Junho 2017 - Interlagos

Dia de recordes e surpresas

Final, dia de churrasco, confraternização, cerveja gelada, risada... Isso tudo aconteceu, mas aconteceu também o número recorde de ADVs em uma só etapa. Foram 20, e só no G2, 12. Fora isso, muita alegria e muitas surpresas nessa final do 14º campeonato da CDK.

LIGHT – G3

O campeonato chegou ao fim. O grupo com mais ausências ficou bem afunilado com as desistências, mas quem ficou, garantiu alegria na reta final. As equipes que estavam com “um pé” no G2 na 5ª etapa, confirmaram seus acessos. A corrida foi bem tranquila com apenas duas ADVs.

Tivemos o Higor, largando em 9º, e como uma vassoura, foi varrendo seus adversários. Conquistou o primeiro lugar e o acesso para a Baboo. Em 2º veio, o sempre presente nos pódios, Eduardo Alberto. Ele largou logo atrás do Higor, em 10º, e com uma espetacular corrida, também garantiu o acesso. Em 3º, veio o in-experiente Leandro Diego. Largou na mesma posição e só manteve. Completaram o pódio: em 4º Dr. Bork, em 5º Bruno Eduardo e em 6º Charlão.

O grupo teve as seguintes equipes premiadas: 1º WALMAX 2º Baboo 3º LTR*

Parabéns, Baboo e WALMAX, pela promoção ao grupo 2! * Nos grupos 3 apenas as duas primeiras equipes são promovidas ao G2.

GRADUADOS – G2

A corrida com mais ADVs. Com 12 no total, tivemos a maior marca de advertências atingidas em somente uma corrida na história da CDK. Bom, no campeonato, já havia uma equipe virtual classificada para o G1, e com isso, sobraram apenas duas vagas, que foram muito bem preenchidas. Com muitas penalizações, essa corrida mexeu um pouco com a classificação final do grupo. Largando em 2º, Douglas não teve muitos problemas para tomar a primeira posição, levando assim até o final da corrida.

Em 2º, depois de largar em 13º, Gustavo Bavaresco fez uma belíssima corrida, mas não foi o suficiente para passar Douglas. Em 3º, veio o cara que sempre está presente nos pódios – tá achando que isso só tem no G3? –, o Cayto. Ele largou em 19º e deu tempo de passar “todo mundo”, tomar ADV e ainda chegar em terceiro. Segura o garoto no próximo campeonato! Completaram o pódio: Daniel Borges em 4º, Luiz Marcatto em 5º e Rogério Carrion em 6º.

O grupo teve as seguintes equipes premiadas: 1º Spartacus 2º Pica Pau 3º Grand Prix

Parabéns, Spartacus, Pica Pau e Grand Prix, pela promoção para o G1!

LIGHT – G3#

A única corrida do dia sem advertências. Todas as etapas desse grupo foram muito disputadas, e nessa não foi diferente. Com uma diferença de apenas 4s do 1º ao 5º colocado, tivemos a confirmação da outra equipe que sobe ao G2 junto com a Muttley. Já classificado, Guilherme Bavaresco não quis saber de moleza, largando em 7º, ele chegou em 1º, mas com zero facilidade. Paulo Daniel, que largou em 6º não saiu do pé de Guilherme, e disputou o primeiro lugar até a linha de chegada, mas ficou a 0.2s atrás do vencedor.

Tentando estragar a festa dos dois veio Danilo Carvalho, que chegou apenas 1.3 segundos atrás do líder. Ele largou em 2º, mas não conseguiu segurar os dois ponteiros. Completaram o pódio Reinaldo em 4º, Gabriel Lobão em 5º e Thiago Theodoro em 6º. Com os resultados, a Muttley já com vaga assegurada, vai ter a companhia da Furia Mogiana, que confirmou o favoritismo na subida para o G2.

O grupo teve as seguintes equipes premiadas: 1º Muttley 2º Furia Mogiana 3º VW*

Parabéns, Muttley e Furia, pela promoção ao grupo 2! * Nos grupos 3 apenas as duas primeiras equipes são promovidas ao G2.

SUPER GRADUADOS – G1

Perdendo apenas para o G2, a corrida teve 6 ADVs. A surpresa do dia ficou por conta dos virtuais campeões que não foram campeões. A única coisa que podia ter acontecido para o ET perder o título de pilotos e a Fighters o de equipes, aconteceu. Enilson chegou em 18º+ADV e o ET em 20º+ADV. Na corrida, tivemos algo que não acontecia há tempos: dobradinha. A Trilili fez barba, cabelo, mas esqueceu do bigode. Talvez se tivesse mantido uma regularidade parecida com essa última corrida, levasse uma das premiações.

Marcatto, espetacular, largou em 15º e com o pé nas costas, chegou em 1º, sem muitas dificuldades. Seu parceiro Artur depois de largar em 4º, chegou em 2º, protegendo o amigo de perigos à sua vitória. Na sequência veio o piloto campeão do G1, Ivan Guerra, ou Ivanzinho, como preferir. O resultado do ET favoreceu – E MUITO – o piloto que largou em 17º, se livrou de alguns enroscos, e chegou em 3º. Completaram o pódio Martin em 4º, Resek em 5º e Magrão em 6º. Pela primeira vez tivemos uma equipe campeã sem nenhuma vitória. Com os resultados, o grupo teve as seguintes equipes premiadas: Campeões: Linguini Vice-campeões: Fighters 3º lugar: Ivan’s

Parabéns, Nardo e Resek, pelo TETRA CAMPEONATO CONSECUTIVO! Título muito merecido pela constância durante todo o campeonato, apesar de nenhuma vitória da equipe. Dia 11 tem CDK Stars. Quem será o novo campeão geral da Confraria?

Você não vai perder, né? Acelera!

Texto por: Guilherme Pereira Bassi.