2ª Etapa - 12 Fevereiro 2017 - Interlagos

Déjà vu

Sabe quando nós vemos ou sentimos algo pela primeira vez e temos a sensação de já ter visto ou experimentado aquela sensação anteriormente ???

Pois foi isso que muita gente falou após a realização da 2ª Etapa do nosso Campeonato. Com a mesma sequência das corridas, as duas primeiras provas (G3@ e G2) foram realizadas com pista seca, a terceira corrida (G3#) começou no seco e terminou com pista molhada e a última prova (G1) poderia ter sido disputada de jet ski que o resultado seria parecido. Tudo muito parecido com a 1ª Etapa.

Outras coincidências puderam ser observadas nos pódios, nas corridas e nas conversas no final do dia. A diferença estava no kartódromo. Interlagos é TOP

Acelera CDK !!!

AS CORRIDAS

LIGHT - G3@

Parece que alguns dos participantes deste grupo resolveram mesmo ficar de fora desta temporada. Bom para quem resolveu continuar, afinal com menos pilotos na pista as corridas são mais tranquilas.

Quem mostrou apetite foi o Charlão. Correndo como piloto reserva da equipe WALMAX largou na última posição e simplesmente atropelou todos a sua frente. Ganhou a prova com tranquilidade, chegando com mais de 5 segundos de vantagem.

Em seguida, na 2ª posição veio o Ricardo Fernandes, que depois de largar na 3ª posição manteve a concentração e com habilidade e competência não deu chance pro azar e cruzou a linha de chegada com mais de 4 segundos para quem vinha atrás.Leandro Souza também desfilou o seu talento com uma tocada irretocável. Largou na 6ª posição, marcou a melhor volta da corrida e faturou a 3ª posição nas últimas voltas da prova. Bruno Kuwada em 4º, Higor Barbosa em 5º e o Dr. Bork em 6º completaram o pódio.

GRADUADOS - G2

Se na 1ª corrida do dia muitos pilotos não vieram, neste grupo o que não falta é aspirante a fominha. Pista cheia com 22 pilotos acelerando em busca da vitória.

E quem faturou foi o Cayto. Com uma performance matadora, largou na 17ª posição e com voltas rápidas e constantes, sendo uma destas a mais rápida da corrida o Cayto superou todos a sua frente e cruzou a linha de chegada tranquilamente e com escolta de luxo. Isso porque na 2ª posição estava seu companheiro de equipe que aliás é o reserva do time.

Oscar Moraes que de reserva não tem nada, largou na 21ª posição e acelerou pra valer, numa corrida de tirar o folego da galera que assistia do pit wall. Chegou a apenas 2 segundos da primeira posição e só não atacou o líder pois nessa altura do campeonato uma dobradinha cai muito bem.Na 3ª posição apareceu o Ratão. Piloto rápido e experiente vinha puxando um fila de 7 pilotos embolados buscando uma melhor posição na corrida. Com muito cuidado e competência não deu chance para a concorrência e se segurou ali até a linha de chegada. Charlão em 4º, João Paulo em 5º e Gregório Smirne em 6º fecharam o pódio.

LIGHT - G3#

Neste grupo de estreantes na CDK uma leve chuva chegou no meio da corrida para amenizar os ânimos. Mas quem quer saber disso ?? O negócio é acelerar, faça chuva ou faça sol.

A FURIA MOGIANA fez jus ao nome e novamente colocou um de seus pilotos no lugar mais alto do pódio. E dessa vez foi o José Jurandir, piloto reserva que largou na 16ª posição do grid e simplesmente não tomou conhecimento dos seus adversários. Ainda teve tempo de abrir 9 segundos de folga na liderança antes de cruzar a linha de chegada. Fernando Blanco foi outro que mandou muito bem. Depois de largar na 10ª posição do grid, mostrou durante a corrida, uma pilotagem muito consistente e segura. Talento e determinação o levaram para a 2ª posição ao cruzar a linha de chegada.

Felipe Garibaldi também representou. Decolou na 13ª posição e um a um foi ultrapassando todos a sua frente até aterrissar na 3ª colocação. Não fosse um entrevero durante as disputas que lhe valeu uma ADV, teria tido melhor sorte na corrida. Com Reinaldo Serdas em 4º, Gabriel Lobão em 5º e Danilo Rotter em 6º o pódio ficou completo.

SUPER GRADUADOS - G1

Quando o G1 foi para pista a chuva tinha parado, mas pouco antes da largada voltou com força total. Se na etapa anterior o Elvys Janusz tinha mostrado que na chuva quem manda é ele, dessa vez ele confirmou. Largou na 18ª posição e não tomou conhecimento de quem estava a sua frente. Marcou a melhor volta da prova e faturou mais uma vitória, chegando com mais de 6 segundos de folga.

Na 2ª posição apareceu o Nardo com mais uma corrida com o selo Nardo de velocidade. Largou na 16ª posição e mostrou todo seu talento para pilotar em condições adversas. Deixou todo mundo brigando lá atrás e foi na busca da vitória que escapou por pouco.

Outro que gosta de uma pista molhada é o Ivan Guerra. Sempre rápido e cerebral ele bem que tentou, mas com a pista nessas condições é melhor garantir uma boa posição de chegada e terminou a prova na 3ª posição. Com Luiz Marcatto em 4º, Hélio Bassi em 5º e Rodrigo Resek em 6º o pódio ficou completo.

A sorte está lançada e o Campeonato está apenas começando. Ainda tem muita coisa para acontecer só esperamos que sem chuva.

Na próxima etapa vamos estrear o asfalto novo do KGV. Vai ser no dia 12 de Março e ninguém pode dar mole. Fortes emoções à vista.

Você não vai perder, vai ???

Acelera !!!