1ª Etapa - 17 Julho 2016 - Interlagos

CORRIDAS...

GRADUADOS – G2...

E como sempre na prova de abertura do Campeonato o Grid é definido através de tomada de tempo. Desta vez o G2 estará recheado com 26 pilotos em suas corridas. E lá foram eles retomar a rotina das voltas rápidas e ultrapassagens. Com apenas 5 minutos de tomada de tempo conseguir um bom lugar no grid é fundamental para se dar bem na corrida. Quem começou o campeonato com o pé direito acelerando fundo foi o Thiago Farina. Piloto experiente, depois de largar na 3ª posição teve uma batalha intensa pela liderança. Mesmo depois de estar em 1º Farina não teve sossego em uma disputa que se estendeu até o final da corrida, quando cruzou a linha de chegada com apenas 1,4 segundos de vantagem. Em 2º lugar ficou o Paulo Ricardo que era reserva no campeonato passado e passou a ser titular nesta temporada. Piloto bom é assim, já chega chegando e andando na frente. Largou na 2ª posição, assumiu a liderança logo no início da corrida e por detalhes acabou superado pelo vencedor da corrida. Esse é um piloto que ainda vai ser visto mais algumas vezes no pódio neste campeonato. Na terceira posição chegou o Caio Tonin. Fez ótimo treino marcando a pole position, mas na corrida, apesar de andar juntos com os dois primeiros, esteve em desvantagem nas disputas e ficou sem ter como reagir as investidas do Farina e do Paulo. Rodrigo Cicci em 4º, Eduardo Alves em 5º e Roverto Sant’Anna na 6ª posição completaram o pódio.

LIGHT – G3

Quando o G3 foi para a pista, o pessoal da Organização coçou a cabeça com uma certa preocupação pela quantidade de pilotos na pista. Com 32 pilotos e muita gente nova, o G3 é sempre uma incógnita sobre o que vai acontecer na pista. Gente nova na CDK sim, mas muito experiente. Que o diga o Diego Freitas. Largou na 13ª posição, fez uma série de ultrapassagens atropelando todos a sua frente, inclusive seu companheiro de equipe que liderava a prova até então. Sem dúvidas uma corrida irretocável. Logo em seguida, formando a única dobradinha do dia Cayto Grotkowsky que largou em 2º lugar, marcou a melhor volta da corrida e não ofereceu resistência ao seu parceiro de equipe a quem seguiu escoltando até o final da corrida. Na terceira posição Ronaldo Borkowsky que fez uma corrida conservadora, largando e chegando na 3ª posição, sem correr riscos e somando importantes pontos para sua equipe. Cyprien Hoffet em 4º, Gustavo Romano em 5º e Eduardo Santos em 6º lugar, completaram o pódio.

SUPER GRADUADOS – G1

Novo campeonato, novos vencedores. Só se for em outro grupo porque aqui quem manda é o Nardo. O que acontece neste grupo? Os pilotos largam na frente, fazem voltas mais rápidas e quando vamos olhar o resultado da corrida, quase sempre quem tá em 1º é o Nardo. Desta vez ele largou na 3ª posição e foi batalhando até chegar na liderança. Depois disso, não foi mais ameaçado. Em seguida veio o Flávio Pessoa que largou na pole, fez a melhor volta da corrida mas não conseguiu segurar a liderança. Na 3ª colocação com uma bela corrida veio o Enilson Silveira (Nirsu) que largou na 2ª posição e só foi superado pelo vencedor. Cuidadoso sem deixar de ser veloz o Nirsu marcou importantes pontos para sua equipe. Guilherme Bassi em 4º, Luís Marcatto em 5º e Rodrigo Resek em 6º lugar completaram o pódio.

Começou !! Agora é hora de arriscar e partir pra cima para consolidar os resultados ou recuperar o tempo perdido. Dia 21 de agosto tem mais e vai ser no KGV. Você não vai perder, vai ?? Acelera !!!